segunda-feira, 26 de julho de 2010

ao lado

Não percebo nada disto, já eu sabia. O Alberto Contador lá ganhou pela 3ª vez a volta a França, afinal a Astana esteve muito bem. O Andy foi mais uma vez segundo (anda a tirar o lugar ao Cadel Evans). O Lance Armstrong, definitivamente e apesar de todos os azares, já está velhinho para discutir estas coisas. O Cadel Evans ainda andou de amarelo, mas uma fractura não o deixou ir mais longe (diz ele, eu digo que ele não estava preparado, fez uma volta a Itália em grande forma e em setembro temos a volta a Espanha e os Campeonatos para o ver outra vez em grande forma), mas mesmo com uma fratura que deve ter doido não abandonou a prova, admiro este desportista. Os Portugueses tiveram bem, o Manuel Cardoso teve azar, para o ano estará lá para dar luta ao Cavendish. Excelente a vitória de etapa do Sérgio Paulinho, única da melhor equipa no tour. Apesar de todas as polémicas (felizmente nenhuma relacionada com doping) este foi o tour mais emocionante dos últimos anos, pelo menos para mim, para o ano há mais.
Agora as atenções vão para o campeonato europeu de atletismo. Quantas medalhas de ouro vamos ganhar? Algumas, espero eu. Tenho os meus palpites, mas como habitualmente saem sempre ao lado (tal e qual os números do euromilhões) é melhor guardá los para mim.