quinta-feira, 30 de julho de 2015

sexta-feira, 24 de julho de 2015

40.4

O caminho até ao dia que completo os 40 aninhos de existência extra-uterina e me proponho correr os anos em quilómetros está a fazer-se paulatinamente conforme o planeado. Plano de treino elaborado, como já referi, no my.asics.com e que é baseado no descanso (gosto desta filosofia de treino).
 
Nesta fase o que se pretende é que aumente a minha velocidade. No my.asics.com esta fase é descrita assim: "A fase de tornar-se mais rápido utiliza uma variedade de sessões de treino dedicadas à velocidade para que consiga melhorar o seu ritmo de corrida. Estas começam nos 10 km e aumenta-se a distância à medida que as semanas passam. As sessões permitem-lhe aumentar a sua velocidade para longas distâncias."
 
Estou a gostar das sensações e noto claramente que o ritmo de corrida tem aumentado consideravelmente.

Fica aqui o registo das corridas feitas durante esta semana que passou (de 13 a 19JUL)

14 Corrida 0:39:42 +- 7 Km
15 Corrida 0:46:26 +- 10 Km
17 Caminhada 0:34:00 +- 2,6 Km
18 Corrida 0:46:47 +- 10 Km

Tenho andado a ler Melville. Envelhecer? Preferia não o fazer... Além de ter
 muita dificuldade em saber o que é saber envelhecer.
«Saber envelhecer é a obra-prima da sabedoria e um dos capítulos mais difíceis na grande arte de viver.»
Herman Melville

quinta-feira, 16 de julho de 2015

40.3

As semanas passam, e a preparação continua. Sinto-me no bom caminho mas com necessidade de introduzir reforço muscular. Vou usar este plano da Runner's World elaborado por Jenny Hadfield.

No sábado houve uma corrida por estes trilhos verdes (em sentido contrário ao do gráfico).

E o registo das corridas foi o seguinte:
Semana 3 (06 a 12Jul)
06JUL Corrida 0:39m:44s +- 7 Km
07JUL Corrida 0:47m:20s +- 10 Km
09JUL Corrida 0:47m:08s +- 10 Km
11JUL Trail 1h:35m:43s +- 15 Km 

A motivação continua em alta. espero que se aguente sempre assim até ao fim.

segunda-feira, 13 de julho de 2015

Scott Jurek e o Appalachian Trail

«Embarking on a big adventure tomorrow, something I’ve always wanted to do. The time is now!»
Foi assim que Scott Jurek, no passado dia 26 de Maios, anunciou que ia fazer o Appalachian Trail. Esta entrada no blog dele é, a meu ver, brutal. Ao nível da nota de despedimento de Bruce Chatwin: «Fui para a Patagónia.»

No dia 27 de Maio, às 5 horas e 56 minutos, arrancou de Springer Mountain na Georgia, e depois de 46 dia, 8 horas e 7 minutos chegou ao cume do Mount Katahdin no Maine. Apesar de ter previsto acabar em 42 dias este desafio, alguns azares no principio da aventura atrasaram-no um pouco, mas não o suficiente para conseguir quebrar o recorde em pouco mais de 3 horas.


Esta épica journey mexeu comigo por dentro, e apeteceu-me a mim também partir para algum lado.
«(...) Quando eu era muito novo e sentia em mim o impulso irreprimível de estar em qualquer outro sítio, foi-me assegurado por pessoas de idade madura que a maturidade curaria este desejo ardente. Quando os anos me indicavam como amadurecido, o remédio prescrito foi a meia-idade. Na meia-idade, asseguraram-me que uns anos mais acalmariam a minha febre, e agora, que tenho cinquenta e oito, talvez a senilidade o consiga. Nada surtiu efeito. Quatro sopros roufenhos do apito de um navio ainda arrepiam o cabelo da minha nuca e põem os meus pés a sapatear. O som de um avião de jacto, de um motor a aquecer, até o bater de cascos ferrados no pavimento, provocam o antigo estremeção, a boca seca e o olhar vago, o calor das palmas das mãos e a agitação violenta do estômago, aos pulos sob a caixa das costelas. Por outras palavras, não melhoro, ou, indo mais longe, quem foi vadio é sempre vadio. Receio que a doença seja incurável. (...)»
JOHN STEINBECK, Viagens com o Charley.

Um dia também deixo uma mensagem do tipo: Amanhã começo com a Ana mais uma grande aventura... 

Até lá estou com a Ana nesta big aventura que o Scott vai começar a seguir... E tem sido fantástico e brutal.

*459

quarta-feira, 8 de julho de 2015

40.2


A preparação continua. Esta semana encurtei o treino de sábado. Principal razão: perdi-me no trilho e depois fiquei desmotivado para seguir por mais algum lado e fazer mais quilómetros.

Nos treinos de terça e quinta-feira recorri à música do Podrunner: Intervals para alterar o ritmo de corrida e dar mais intensidade ao treino e assim tentar melhorar a velocidade. Resultou bem.

Semana 2 (29Jun a 05Jul)
2ª Feira: +-7km Corrida * 38m:20s
3ª Feira: +-10km Corrida com várias intensidades * 51m:02s (Com a ajuda desta música )
4ª Feira: Descanso
5ª Feira: +-10km Corrida com várias intensidades * 49m:27s (Com a ajuda destoutra música)
6ª Feira:  Descanso
Sábado: +-6km Confortável * +-35m:00s
Domingo: Descanso


Agora que penso nisto: O Velho e o Mar, no fundo, é uma narração de uma ultra-maratona.

sexta-feira, 3 de julho de 2015

40

Comecei a treinar para aquela prova que faço desde 2008: correr no meu dia de aniversários os quilómetros pelos anos. Ajuda do MY ASICS para preparar o plano de treinos.

Nesta primeira semana (22 a 28JUN) de preparação foi assim:
2ª Feira: +- 7km em 0:40:03
3ª Feira: +- 10km em 0:56:56
4ª Feira: Descanso
5ª Feira: +- 7km em 0:37:36
6ª Feira: Descanso
Sábado: +- 15km em 1:59:56
Domingo: Descanso

Este 40º ano de vida tem sido brutal e espero que mais coisas boas se juntem à caminhada até ao dia de comemoração. Como sempre é para ser divertido, o dia e principalmente o caminho até lá que tem muitos mais dias. Este ano nem as velas me vão tirar o brilho*, podem ser enormes.

«Os velhos acreditam em tudo, as pessoas de meia idade suspeitam de tudo, os jovens sabem tudo.
Oscar Wilde